Quarta-feira, 30 de Abril de 2008

Viajei luares sem fim...

 

Acrílico de Wings

Passeei por entre teus perfumes

Ladeado de flores multicores

Desci montanhas

Percorri seios

Embrenhei-me em ti

Beijando a húmida terra

Desbravando segredos

Nas tremuras dos teus medos

Viajei luares sem fim

Inconscientemente, consciente de mim

Banhei-me nas límpidas águas dos teus beijos

Transformando gestos em desejos

Num frenesim de descoberta

Como prisioneiro com porta aberta

Percorri teus braços descendo afluentes

Entrelaçando dedos nas nascentes

E ali ficamos apertados nos luares

Saboreando as salgadas brisas dos mares

 

publicado por wings às 00:53
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds