Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2007

João nunca te....

 

 

Nunca te esqueças de mim

Deste velho carvalho

Dorido…empedernido…

Outrora robusto….

Agora velho combalido

 

Nunca te esqueças de mim

No tempo…num momento

No sofrimento…

Nas tuas alegrias…nos sonhos

Estarei sempre aí…

 

Nunca te esqueças de mim

No meu momento da partida

Na sofreguidão do último bracejar  

No olhar frio da despedida

No derradeiro e fraco respirar

 

Nunca te esqueças de mim

Deste velho carvalho

De velhas raízes e secos ramos

Que um dia te abraçaram

E que na vida te embalaram

Nunca te esqueças de mim...

 

publicado por wings às 01:03
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De João a 5 de Dezembro de 2007 às 02:58
Nao te preocupes que nunca me vou esquecer de ti... Eu sei que também muitas vezes sou de poucas palavras porque ando sempre tão stressado com os meus problemas que me desleixo um pouco contigo e com todos, mas também ainda não é fácil para mim estar com a cabeça tranquila neste momento. Mas ja começo a relaxar um pouco... A distância é grande, gostava que fosse menos para puder passar mais tempo contigo...Acho que a ésta altura é que se começa a disfrutar bem da relaçao Pai&Filho, em que ja se bebe uns copos(se for esse o caso, ja à uns anitos) e que ja se conduz e que os "putos" começam a ser um pouco adultos e a fazer algo que os adultos também apreciam em vez de os fazer correr atras duma bola a volta do parque da cidade, em que depois ficam 3 dias doridos das pernas tudo por causa dos amados "putos"...Um dia estou crente que vai mudar nem que seja para te mudar as fraldexes. Mas o que quero que saibas é que penso em ti também e que gostava que viesses mais vezes ca acima e de preferência que viesses com tempo para fazer-mos algo fixe, sei que nem sempre é possivel mas nós vemos isso quando cá vieres...Obrigado e não, não me vou esquecer de ti morcão, és meu Pai = ) beijus*
De Secreta a 6 de Dezembro de 2007 às 10:26
Os filhos não esquecem os pais , assim como os pais n esquecem os filhos.
A vida por vezes não é bem como desejariamos , mas temos que lutar sempre por a tornar o mais parecida com isso possivel.
Beijito.
De Lua de Sol a 7 de Dezembro de 2007 às 14:39
Por acaso, antes de ler o primeiro comentário tão elucidativo, ía dizer que me parecia o paralelismo de um homem com uma árvore e o paralelismo de uma relação de paternidade com a vida, a morte, o tempo que se tem...

O quadro tem uma essência diferente dos outros, emana algo profundo mas nada carnal. Faz-me imaginar um homem, uma árvore, um relógio com ponteiros (se é que me faço entender)... Por inteiro, com sorrisos, vida passada, lembranças, sonhos, vazios, coisas boas e coisas más... acima de tudo gente e o que de gente é feito. O preto e branco conferem-lhe profundidade. Gosto da localização descentrada. Este é muito mais simples e menos trabalhado mas bem mais difícil de ler.

O poema, está lindo... Gostei muito de "Nunca te esqueças de mim

Deste velho carvalho

De velhas raízes e secos ramos

Que um dia te abraçaram

E que na vida te embalaram

Nunca te esqueças de mim..."

Beijinhos da Amiga Alfacinha

P.S. - Achei lindo...

De wings a 8 de Dezembro de 2007 às 18:04
Olá alfacinha!
Não sei se quando leste e olhaste o meu quadro juntaste a música, se por acaso não fizeste, tem paciência, e volta cá, porque uma coisa faz parte integral das outras duas.
Quanto ao teu comentário , é como sempre profundo e eloquente, com uma sensibilidade para ver e sentir tudo o que lá está, e o sentimento que está implícito de quem o fez, isto é o meu.

Beijinhos....
De toda a 9 de Dezembro de 2007 às 11:42
De facto, só lendo os comentários me apercebi da importância de ouvir, enquanto lia...
Magnífico... simplesmente magnífico.
Um beijo
De João Cordeiro a 11 de Dezembro de 2007 às 14:32
Chamo a "isto" uma linda e comovente lição de vida.
Parabéns


Beijo sonhador
De wings a 11 de Dezembro de 2007 às 15:44
Obrigado meu amigo!
A lição de vida, é tão simplesmente, o receio que cada pai tem, de no futuro ser esquecido pelos próprios filhos.

Um Abraço
De Secreta a 13 de Dezembro de 2007 às 13:52
Olá,
Passo para desejar boas festas.
Beijito.
De Lua de Sol a 18 de Dezembro de 2007 às 16:33
Passo para saber quando há mais? Hein?

Eh,eh!

Beijinhos

Comentar post

.mais sobre mim

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds